Pais: previnam seus filhos de doenças

Imunizar significa proteger, cuidar e prevenir: todas as crianças necessitam de vacinas para estarem protegidas contra muitas doenças. Quando se leva o filho para ser vacinado, os pais estão protegendo seus filhos de doenças graves, que colocam a vida da criança em risco.

Por isso, é tão importante conhecer e seguir as indicações de cada vacina.

Para a pediatra, Dra Nádia Souza, a vacinação é uma das medidas mais importantes de prevenção contra doenças. É muito melhor e mais fácil, prevenir uma doença do que tratá-la. E é isso que as vacinas fazem, elas protegem a criança contra vírus e bactérias que provocam vários tipos de doenças graves, que podem afetar seriamente a saúde da criança.

Segundo a psicóloga, Maira Van Dervis, para que as crianças não tenham medo de tomar a vacina é necessário levar em consideração o comportamento dos pais, e de como eles abordam o assunto com a criança. É importante que os pais conversem sobre a importância das vacinas, para que elas servem, o que elas previnem, sem desqualificar o medo da criança, ou seja, procurar entender que esse medo é real.

Assim, depois que os pais explicam tudo para a criança e para o adolescente, eles se comportam de maneira mais positiva a ter menos medo da vacina, ressalta a psicóloga.

Algumas doenças que podem ser prevenidas por vacinas são:

  • Difteria (ou crupe) – é uma doença respiratória que atinge amídalas, faringe, laringe, nariz;
  • Tétano – é uma infecção causada por bactéria que entra no organismo por meio de ferimentos ou lesões de pele e não é transmitido de um indivíduo para o outro;
  • Coqueluche – é uma doença causada por uma bactéria que provoca tosse e pode dificultar a respiração;
  • Meningite – é a inflamação das membranas que revestem o cérebro. Os sintomas podem ser: febre alta, dor de cabeça, pescoço rígido, vômitos, dificuldade de concentração, convulsões;
  • Infecções – são causadas pela bactéria Haemophilus influenzae (tipo B), como alguns tipos de meningites, sinusite, entre outras. Atingem principalmente crianças até cinco anos e, geralmente, começam no nariz e na garganta e podem se espalhar para outras partes do corpo;
  • Rotavírus – é uma das principais causas de diarreia grave em crianças até cinco anos de idade, que pode levar a morte;
  • Febre amarela – é transmitida pela picada de mosquitos e causa febre, dor de cabeça, calafrios, náuseas, vômito, dores no corpo, pele e os olhos ficam amarelados.

Dicas para os Pais de como agir no momento da vacinação

  • Nunca desqualificar o medo da criança, entender que esse medo é real na cabecinha dela, entender que ela sente esse medo é super importante para conscientizá-la sobre a importância da vacina.
  • Ter empatia, se colocar no lugar da criança, saber que existe um medo e que esse medo vai transformar uma coisa que é simples e rápida em algo maior e mais dolorido.
  • Não transferir para a criança um medo que os pais possam ter ou que possam ter tido na infância.
  • A criança se baseia muito nos pais, então se os pais disserem que tiveram medo quando criança, a criança também vai sentir.
  • Os pais precisam estar calmos para passar essa tranquilidade para o filho.
  • Não prometer recompensas antes. O ideal é não prometer nada. Conforto emocional é muito importante.
  • Explicar, orientar sobre o que vai acontecer é a melhor escolha nesse momento.
  • Entender que ela vai chorar, que não quer se vacinar, é normal.
  • Tirar o foco da criança sobre a vacina, distrair a criança, são boas estratégias.

Serviço:

Brasília -DF

Neocentro Vacinas

Endereço: Terraço Shopping – Piso 1 – loja 147 – Octogonal

Telefones: (61) 3361-0012/(61) 3546-7280

E-mail: comunicacao@neocentrovacinas.com.br

Horário de Funcionamento: segunda a sexta, 9h às 22h, – sábado, 10h às 22h, domingo e feriados, 14h às 20h.

Uberlândia-MG

Neocentro Vacinas

Endereço: Av. Raulino Cotta Pacheco, 55. Bairro: Martins

Telefones: (34) 3231-4253/(34) 3305-1008

E-mail: comunicacao@neocentrovacinas.com.br

Horário de Funcionamento: segunda-feira a sexta-feira, 08h30 às 19h e aos sábados 09h às 13h.